Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Style You

Por João Miguel Barbosa

News

Tentoes.png

A marca Portuguesa Tentoes criou sapatos amigos do ambiente!

 

Fabricada com matérias-primas naturais, a nova linha de calçado Tentoes aposta na biodegradabilidade e espera, assim, conquistar um nicho de mercado, sobretudo nos países nórdicos.

 

Inicialmente lançada durante a pandemia e num cenário nada favorável, na feira de calçado Micam, a marca «praticamente não foi vista por ninguém», disse o director comercial Pedro Ramos.

 

Contudo, a marca quer começar do zero e acredita que este é o momento ideal para lançar um produto sustentável.

 

Com o lema “made in Nature”, o novo conceito foi pensado para reduzir a pegada ambiental.

 

Os Tentoes são feitos em pele, com uma biodegradabilidade quatro vezes superior à pele normal, e na sola utiliza borracha 99% natural extraída da seiva do latex das árvores seringueiras. Alguns modelos têm ainda na gáspea malha em algodão orgânico e a palmilha é produzida com uma mistura de fibras naturais com propriedades antibacterianas e que absorvem a transpiração.

 

Com uma primeira coleção unissexo que vai do tamanho 35 ao 47, a Tentoes quer encontrar o seu nicho de mercado para escoar as primeiras unidades dos sapatos da marca.

 

A Tentoes é detida pelo grupo de calçado Carité, que emprega 550 trabalhadores.

O Fato Slim Fit

O fato Slim Fit veio para ficar e está já presente em todas as colecções. Este modelo é conhecido como sendo mais justo, mais moderno e fugindo assim um pouco do tradicional!

 

A saber algumas dicas de como usar este modelo de fato: 

- Só os mais magros podem usar?

O fato Slim Fit é mais justo ao corpo, mas não é exclusividade dos mais magros! Se se está acima do peso, o segredo é não deixar o blazer, as calças ou o colete marcarem o corpo, as peças de roupa precisam de ser confortáveis e deixar os movimentos livres. A dica é experimentar na hora de se comprar, andar com ele, sentar, levantar e se o modelo slim ficar desconfortável, pode-se optar por um blazer com 2 botões, e umas calças sem prega, por exemplo. 

 

- E as medidas? O fato slim é mais curto?

Não é porque é Slim que é mais curto, o fato Slim Fit possui  somente um corte mais cintado e mais justo.

 

- Posso usar em Casamentos, Formaturas e Eventos mais formais?

Sim! Se no convite estiver escrito Traje Social, por exemplo, pode-se optar pelo Slim Fit. O fato completo Slim não perde a formalidade, dependendo da cor e do calçado - aqui impera o bom senso.

 

- Camisa e Gravata, pode-se usar também modelos Slim?

Sim, irá certamente conferir um visual mais moderno ao conjunto. Ao se usar uma camisa com modelo tradicional, pode ser que sobre tecido, não ficando visualmente bonito. A Gravata slim deve ser usada com blazer com a lapela mais fina.

 

- E onde encontrar fatos Slim?

Hoje as marcas já estão altamente adaptadas aos cortes mais justos, ou seja, este modelos pode ser encontrado em qualquer loja.

 

Style you

Para a Kenzo

Nigo.jpg

A Kenzo anunciou, no passado mês, que nomeou Nigo da Bathing Ape (ou BAPE) como novo diretor artístico, na sequência de rumores de que o talentoso criador japonês iria assumir o cargo na maison em Paris.

 

Nigo, personagem notável da moda, natural de Maebashi (Japão) e radicado em Tóquio, sucede ao português Felipe Oliveira Baptista que deixou a Kenzo em junho passado, após apenas dois anos de presença criativa na maison. A sua partida ocorreu logo após três meses da morte do fundador Kenzo Takada em janeiro de 2020, com 81 anos de idade.

 

A Kenzo é uma das dezenas de marcas de moda integradas no gigantesco conglomerado de luxo francês LVMH, que adquiriu a maison ao seu fundador em 1993.

 

Nigo é um designer de moda japonês, DJ, produtor discográfico e empresário mais conhecido como o criador da linha de roupa urbana da Bathing Ape. Como DJ integra o grupo japonês de hip hop Teriyaki Boyz.

 

Iniciou-se na moda com uma pequena loja que vendia T-shirts BAPE e sweatshirts de capuz camufladas, tornando-se muito popular entre os adolescentes. Em 2002, Nigo lançou o sneaker Bapesta, com design semelhante ao da Nike Air Force 1, que mais tarde se tornou colecionável. Anteriormente conhecido como Tomoaki Nagao, Nigo deixa a BAPE em 1993 e inicia a carreira a solo, criando a própria empresa em 2009  a NIGOLD.

 

Quatro anos antes, em 2005, Nigo associou-se à Pharrell Williams para criar e lançar as marcas de roupa de rua Billionaire Boys Club e Ice Cream footwear. E, em 2014, tornou-se diretor criativo da marca UT da Uniqlo e da sua nova marca Human Made em 2010.

(notícia FashionNetwork)

Começa Amanhã!!

 

modalisboa.jpg

A partir de amanhã e até 10 de outubro, a ModaLisboa AND NOW WHAT?, em co-organização com a Câmara Municipal de Lisboa, ocupa a Estufa Friae oCapitólio para a sua 57ª edição. Sem imposição de estação, apresentamos as coleções dos Designers de Moda nacionais em quatro dias que se completam com conversas e workshops. À semelhança de outubro de 2020, e depois de uma temporada exclusivamente digital, as apresentações de Moda voltam a ter uma audiência presencial exclusiva, e é em ModaLisboa.pt — e nas apps ModaLisboa, mobile e TV (para clientes MEO) — que o público terá acesso ilimitado a todos os conteúdos da Lisboa Fashion Week.

 

"Estes 30 anos — acentuados pela dureza extrema dos últimos dois — deram-nos a maturidade de perceber que não temos de ter sempre respostas. Que não temos de nos agarrar a chavões e promessas de um futuro brilhante. Que o pensamento de Moda é permeável, mesmo na procura de soluções para uma realidade que ainda luta com a sustentabilidade, a inclusão, a velocidade e o respeito. AND NOW WHAT? está em tudo o que fazemos porque nunca nos daremos por satisfeitos."

MODALISBOA: AND NOW WHAT?

(notícia ModaLisboa)

Para o Outono

Com o começo do Outono e os primeiros dias frios, é muito importante ir preparando o guarda-roupa.

 

A ter em conta as 5 imprescindíveis dicas de moda para esta estação do ano, que sem duvida vão ajudar a fazer as melhores combinações, juntamente com as restantes tendências da estação:

- Casaco de Couro:

Os casacos de couro combinam com qualquer tipo de roupa, para não mencionar que ajudam a conferir um visual ao mesmo tempo elegante e informal.

Basicamente basta combinar um casaco de couro com quase qualquer visual, que o resultado será sempre optimo.

 

- Calças Oxford:

As calças Oxford são uma boa peça para se usar com alguns visuais de outono. O corte é extremamente confortável.

A não esquecer que esta é uma peça quase sempre presente em todas as colecções de Outono/Inverno.

 

- Combinar Padrões : 

Ao pensar no Outono, é necessário saber que se pode e deve combinar padrões. Por exemplo, o animal print, padrões florais, quadrados lenhador, etc., são padrões sempre na moda e combinam com imensas outras peças de roupa, e os resultados são sempre garantidos e elegantes.

 

- Saias de Couro:

As saias de couro são óptimas para usar de noite e até mesmo durante os dias menos quentes. Tudo o que se precisa é de uma camisa atraente, talvez um casaco ou um blazer, uns bons sapatos e pronto! Uma das melhores tendências do Outono. 

 

- Sapatos Oxford : 

Sem duvida, um dos modelos mais confortáveis de sapatos para se usar no Outono/Inverno - são simples, casuais, mas também elegantes o bastante para parecer atraente durante o dia ou noite.

 

Style you

News

Cireille.png

A plataforma de venda online de marcas portuguesas Cirelle lançou mais uma colecção própria fabricada em Portugal e com modelos personalizados. 

 

Com apenas um ano de existência, a Cirelle avançou no final do mês passado para mais um projeto e lançou uma marca própria de moda feminina. “O objectivo desta colecção, para além de trazer muita cor, é criar modelos com qualidade e bastante personalizados.”

 

Segundo Mafalda Castro, cocriadora da plataforma e para exemplificar a amplitude do trabalho da Cirelle: “Já chegámos a vender para pessoas com tamanho plus size, já adaptámos um fato para o molde de roupa masculina e conseguimos produzir modelos por medida.” O lançamento da marca própria, já disponível online, está alinhado com a missão da Cirelle, que nasceu o ano passado em plena pandemia quando Mafalda e o namorado Filipe decidiram criar a plataforma online de vendas de marcas portuguesas selecionadas.

 

“Além da constante divulgação de marcas nacionais, que é o nosso principal objetivo, quisemos criar uma plataforma user friendly que permita aos consumidores pesquisar de forma rápida e intuitiva por artigos nacionais. Não queremos ser apenas mais um site e-commerce, mas mostrar produtos com história, qualidade e produzidos de forma consciente”, explica Mafalda.

 

Neste momento, a Cirelle tem disponíveis mais de uma dezena de marcas portuguesas, em categorias como vestuário, joalharia, decoração e praia.

(notícia FashionNetwork)

Como Organizar o Guarda-Roupa

A organização do guarda-roupa deve ser encarada como uma boa oportunidade de verificar todas as peças que se possui e avaliar quais são realmente usadas e aquelas que podem ser descartadas, por exemplo, as que não servem mais. Aproveitar para separar roupas, sapatos e acessórios, em bom estado e que podem ser doados.

 

Para começar tem de se tirar a roupa toda do armário - concluída essa fase em que já definiu o que será colocado de volta no guarda-roupa, o segundo passo é categorizar as peças. Por exemplo, dispor sobre a cama, camisolas e camisas de manga curta, calça, todas as peças de ganga também juntas, vestidos igualmente juntos, etc. - esta tarefa ajuda na visualização e a organização fica mais prática e funcional.

O número de famílias dependerá da quantidade e variedade de roupas e sapatos. Por exemplo: com somente duas saias longas e outras duas, curtas, estes itens podem formar apenas uma categoria: a das saias.

A categorização pode ser também determinada pela cor - especialmente como uma segunda  hipótese - caso haja uma diversidade de cores que permita essa separação. Contudo a organização cromática, nem sempre é necessária: em guarda-roupas onde se tem um menor conjunto variável de cores entre as peças, o aconselhável é categorizar exclusivamente por famílias.

 

Organizar o armário está associado directamente aos inúmeros organizadores disponíveis no mercado. Mas é aconselhável comprar sem planear - colocar em ordem o espaço do guarda-roupa nem sempre requer muitos desses produtos.

Todavia arrumar o guarda-roupa sem adquirir qualquer organizador é difícil, a exemplo dos imprescindíveis cabides ou de um separador de meias para gavetas. Por isso, é importante separar as famílias das peças para identificar se é necessário ou não um organizador específico.

 

Dicas gerais:
- Não escolher o cabide considerando somente o tipo de material. Sendo de madeira, de plástico resistente ou de aço, o mais importante é saber se o utensílio suporta o peso da roupa sem quebrar ou deformar a peça. Ou seja, para uma roupa mais leve, um cabide fino é suficiente, mas para um fato é necessário um com melhor sustentação, mais largo nas extremidades. Todavia, a constância  de material pode criar uma harmonia visual

- Para quem não tem uma sapateira, os calçados podem ser organizados dentro do guarda-roupa, em caixas de plástico, com furos para ventilação, ou em prateleiras

- Arrumar em gavetas: meias, roupa interior, roupas de ginástica e pijamas. Para as meias e roupa interior, escolher os organizadores, aqueles que dividem em nichos o espaço da gaveta, podendo ser de tecido ou acrílico

- Camisas, calças, saias, vestidos, casacos, fatos e blazers devem ser pendurados em cabides.  As bermudas, calções, calças de ganga e de fazenda podem tanto ficarem suspensas em cabides quanto dobradas em prateleiras. Por sua vez, as malhas devem ficar em prateleiras, dobradas, pois isso evita a deformação das peças


- As Camisas podem ser dobradas e acomodadas em gavetas ou prateleiras, mas se houver espaço disponível, a melhor alternativa é colocá-las em cabides

- Colocar os cintos em cabides ou enrolados um a um, numa caixa baixa ou ainda em organizadores especiais dispostos em gavetas

- As gravatas podem até ser guardadas em divisores de acrílico, dentro de gavetas, mas para evitar que fiquem muito amarrotadas, uma boa dica é pendurá-las em cabides 

- As prateleiras do armário são o melhor lugar para dispor as malas, organizadas por frequência de uso, tamanho ou cor. Caixas ventiladas, com transparência ou visor para facilitar a identificação, também são uma opção. Cuidado, porém, para evitar a deformação das unidades, respeitando a altura e largura necessárias para a armazenagem

- As roupas de cama e de banho podem ser colocadas em prateleiras ou caixas dentro do guarda-roupa. Essas caixas são úteis também para armazenar roupas que sejam menos usadas, por exemplo, durante o verão, arrumar nelas as peças de inverno que podem ser dobradas ou vice versa

 

Style you

News

Louis Vuitton.jpg

A marca Louis Vuitton lançou, no passado mês, o game mobile Louis The Game em comemoração aos 200 anos de existência da marca. O jogo é de aventura e traz diversos cenários para explorar – com símbolos bem famosos da empresa.

 

O jogador incorpora o personagem Vivienne, que se aventura em 6 mundos diferentes, colhendo itens, incluindo 200 velas do aniversário de Louis Vuitton.

 

Ao longo do jogo o personagem também pode ser customizado com uma série de itens colecionáveis da marca e aprender igualmente um pouco da sua história, com cartões postais e outros objectos da memória de Louis Vuitton.

 

Esta não é a primeira movimentação da Louis Vuitton nos games, pois a marca realizou uma parceria com a Riot Games em 2019, criando skins no jogo da Louis Vuitton, o componente de armazenamento do Troféu do Mundial e também uma colecção especial e limitada inspirada nos personagens do jogo chamada "Louis Vuitton x League of Legends".

 

Louis The Game já está disponível para download para Android na Google Play e para dispositivos iOS na App Store. Vale lembrar que o game é totalmente gratuito para ambas as plataformas.